Notícias

A importância da vacinação na prevenção das meningites é tema desse vídeo da SBIm que está sendo veiculado na TV Cultura, na TV Câmara SP, no Canal Universitário SP e em outras emissoras. Confira no Canal SBIm.

Acaba de ser lançado o consenso com recomendações para a prevenção de doenças infecciosas, com foco na saúde e qualidade de vida de crianças da América Latina, Espanha e Portugal.

A Sociedade Brasileira de Imunizações expressa seu profundo pesar pelo falecimento do Dr. Ciro de Quadros, o gaúcho que, depois de anos de trabalho nas campanhas que levaram à erradicação da varíola no Brasil, dedicou muitos anos de sua vida à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

A​s ​liga​s​ ​acadêmica​s​ de ​Infectologia da Bahia (LAIB), de Pediatria (LAPED) e de Atenção Primária à Saúde (LAPS) realizam,​ em parceria com a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), a Sociedade Baiana de Pediatria (SOBAPE) e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) ​sua I Jornada Acadêmica de Imunizações.

HPV: Sociedades de Pediatria e Imunizações contestam críticas à campanha. Confira nessa matéria do Jornal do Cremesp.

A importância, segurança e eficácia da vacina da gripe são tema dessa entrevista de Renato Kfouri, presidente da SBIm Nacional, ao JC Debate, da TV Cultura (SP).

Saiba mais.

A importância da vacinação de adultos e a inclusão da nova vacina contra herpes-zoster são temas desse vídeo com Renato Kfouri, presidente da SBIm. Confira e fique por dentro dos cuidados com a sua saúde.

Principais orientações apontadas são para evitar o risco de importação dos vírus do sarampo e da rubéola nas Américas.

Saiba mais.

Imunizante contra herpes zóster estará disponível em clínicas para pessoas a partir dos 50 anos. A doença causa muita dor e afeta quem já teve catapora.

Saiba mais.

Nesta semana, chega ao país a primeira vacina contra o herpes zóster, doença causada pela reativação do vírus da catapora com a queda da imunidade e que atinge principalmente idosos.

Saiba mais.

A entrevista com a médica Rosana Richtmann, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, destaca pontos importantes de serem repassados a pacientes e profissionais da saúde porque ajudam a dirimir dúvidas quanto à segurança da vacina.