Palavra do Presidente

Discurso de Posse da Diretoria SBIm 2015-16

Isabella BallalaiPrezados Associados,

Neste primeiro contato como presidente da SBIm quero convidá-los a uma reflexão sobre ‘conquistas’. De que são feitas as conquistas? Para nos auxiliar nesta tarefa, fui buscar a opinião de pessoas que gostam de pensar sobre as coisas da vida.

Para Carl Jung, em sua psicologia analítica, o ego nos trouxe algo essencial à conquista que é a vontade. A vontade de realizar, de construir, a vontade que mobiliza e empreende, por exemplo.

Mas para conquistar é preciso mais do que vontade. Anatole France dizia que “para realizar grandes conquistas, além de agir, devemos também sonhar; e não apenas planejar, mas também acreditar”. Ele também dizia que o “trabalho distrai a vaidade, engana a falta de poder e traz a esperança de um bom evento”.

E, para finalizar, vamos ao pensamento de um dos maiores estrategistas do século XIX, Napoleão Bonaparte: ele afirmava que “as verdadeiras conquistas, as únicas de que nunca nos arrependemos, são aquelas que fazemos contra a ignorância”.

Então, em nosso arsenal de recursos, temos:

  • A vontade,
  • O sonho,
  • A crença,
  • O planejamento,
  • A ação,
  • O trabalho,
  • A esperança e a
  • Disseminação do conhecimento como molas propulsoras da conquista.

A SBIm nasceu em 1998 e vem trilhando um caminho construído por esses sentimentos e ações. Ao completar 17 anos em 2015 podemos afirmar que entre suas conquistas, alinhavadas há quase duas décadas, está a união entre o governo, a iniciativa privada e a sociedade civil, atuando em prol do avanço das imunizações.

Cheguei à SBIm no início dos anos 2000 e fui muito bem recebida. Participei da criação da primeira regional, a SBImRJ; fui vice-presidente da nacional ao lado do professor Vicente Amato Neto, quem lançou a semente desta sociedade e me acolheu; realizei no Rio as primeiras jornadas nacionais de imunizações- embrião que deu origem a esta “adolescente” que hoje percorre as diversas capitais do país, reunindo mais de mil participantes, entre médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde e demais interessados no tema imunizações.

E por sonharmos, planejarmos e agirmos com a esperança de realizar um trabalho que fizesse a diferença, acreditando na força da união, planejamos a elaboração dos calendários de vacinação SBIm, que viriam a se somar ao calendário do PNI e da SBP, e que hoje são consultados e valorizados em todo o país e na América Latina, contribuindo para informar sobre os imunobiológicos disponíveis à população e para ampliar os olhares da assistência para muito além da pediatria.

Também percebemos a importância da aproximação com as sociedades de especialidades. Foi quando, então, sugeri a elaboração de guias e consensos que possibilitem que ginecologistas, obstetras, geriatras, reumatologistas, pneumologistas, profissionais da medicina do esporte, entre outros especialistas, se atualizem sobre as vantagens e indicações das imunizações para seus pacientes, inserindo o tema também na pauta dos eventos que realizam.
Criamos outras publicações, como os informes SBIm, os guias de vacinação de prematuros, de pacientes especiais e o Guia de Saúde – Viagens e Grandes Eventos, distribuídas aos sócios de todo o país com o apoio da indústria, que reconheceu, na forma ética e capacitada com que produzimos esses conhecimentos, um importante instrumento de educação do profissional da saúde.

O tempo passa e, felizmente, a SBIm tem conquistado o espaço desejado, sonhado lá atrás, o de ser uma relevante interlocutora das causas que envolvem a saúde da população e as doenças imunopreveníveis; na defesa dessa paixão que são as imunizações e das conquistas em saúde pública que elas possibilitam.

Tomo a liberdade de acrescentar às observações de nossos pensadores um quesito especial à fórmula da conquista: o trabalho em equipe, que não visa apenas dividir tarefas, mas, principalmente, dividir responsabilidades e dar suporte para que o objetivo comum seja alcançado.

Ao assumir a presidência da SBIm quero agradecer a todos que me receberam há mais de dez anos, que me acolheram e me permitiram contribuir para esse belo projeto. E, claro, quero agradecer especialmente, aos que integram a diretoria e que tomam posse comigo, pela confiança, apoio, incentivo, suporte, parceria e por dividirem seus sonhos, crenças e esperança.

Por fim, quero agradecer a cada associado da SBIm por acreditar em nós!

Vamos em frente porque há muito trabalho a ser realizado e novos desafios a serem conquistados.

Abraço,

Isabella Ballalai
Presidente SBIm
Biênio 2015/16

--
Confira aqui a composição da nova diretoria.