Palavra do Presidente

Sustentabilidade: caminho para a prevenção

Imprimir

Isabella Ballalai - Presidente da SBImEm 1988, a Assembleia das Nações Unidas determinou a realização de uma conferência sobre temas ambientais. A “ECO 92” ocorreu quatro anos depois, no Rio de Janeiro. Naquela época, as análises apontavam que em algumas décadas experimentaríamos, de forma mais sensível, os impactos da ação humana sobre o meio ambiente, a qualidade de vida e a sustentabilidade do nosso planeta.

Na pauta da conferência estavam, entre outros temas, a conservação da diversidade biológica, a erradicação de agentes patogênicos e a proteção das condições de saúde. Contudo, avançamos pouco na prevenção e muito na degradação, e isso tornou realidade o que antes era uma previsão.

Ciente da importância de olhar para o meio ambiente para combater as doenças infectocontagiosas, a SBIm elegeu para a próxima jornada nacional o tema “Imunização e sustentabilidade: caminho para a prevenção”. O evento será realizado em São Paulo entre os dias 9 e 12 de agosto.

Este tema nos remete ainda a outra questão: a manutenção de elevadas taxas de coberturas vacinais. Os atuais surtos de sarampo na Europa, por exemplo, está entre os novos alertas. Em cinco meses, Portugal registrou mais casos do que na última década, o que coloca em risco o status de eliminação da doença no país, conquistado em 2016, mesmo ano em que o Brasil ganhou certificado pelo mesmo feito.

Com o objetivo de ampliar suas ações, a SBIm lança, com a jornada de São Paulo, o programa Rastro Verde, que consiste no plantio de mudas de árvores nativas de cada região onde realizar seu maior evento para, dessa forma, neutralizar a emissão de carbono e contribuir para o reflorestamento – uma das medidas fundamentais para o equilíbrio do ecossistema e o controle de vetores de doenças. Ao participar, você também será parte desse processo, uma vez que R$ 5 da sua inscrição serão destinados a esta ação.

Acreditamos que somente com amplas ações de prevenção, com o trabalho permanente junto à população sobre a importância das imunizações, conseguiremos avançar no combate às doenças imunopreveníveis de forma sustentável.

Contamos com você!

Um abraço!

Isabella Ballalai
Presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm)