Notícias

A SBIm e outras entidades científicas e da sociedade civil organizada se reuniram no fim de novembro com a equipe de transição do Governo Federal para debater as políticas de vacinação no país a partir de 2023.

Vacinação de todas, incluindo as sem comorbidades, é urgente.

Encontro acontece no dia 25 de novembro, às 12h30. A participação de todos é fundamental.

Entidades endossam a aprovação da vacina. Inicialmente, apenas crianças com comorbidades serão vacinadas.

Associados quites serão informados por carta sobre os candidatos e receberão cédulas de votação.

Data é mais uma oportunidade de reforçar a importância de aumentar a adesão às vacinas no Brasil.

Baixas coberturas vacinais fizeram o país ser considerado de altíssimo risco para o retorno da doença.

Médico sanitarista e ex-diretor-presidente da Anvisa permanecerá à frente da entidade pelos próximos cinco anos.

Esquema de duas doses no mesmo ano pode ser considerado para imunocomprometidos e idosos, mas não é rotina.

Programa eliminou a pólio, rubéola, síndrome da rubéola congênita e o tétano materno e neonatal. Feitos, porém, estão sob risco.

Imunizante tem diferenças em relação aos já usados nas demais faixas etárias. Tampa na cor vinho facilitará a identificação.