Notícias

Concessão de novos títulos e renovação estão suspensos.

A SBIm considera muito preocupante a Resolução nº 197 da Diretoria Colegiada (RDC) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 26/12/2017, que dispõe sobre os requisitos mínimos para o funcionamento dos serviços de vacinação humana.

A SBIm foi convidada pela Subsecretaria de Promoção, Atenção Primária e Vigilância em Saúde (SUBPAV), da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-RJ), a participar do seminário "Vacinação: Mitos e Verdades", realizado durante o Ciclo de Debates SUBPAV 2017.

Presidente do Conselho de Ética da SBIm recebeu comenda pelos serviços prestados ao país ao longo da sua trajetória profissional.

Recentemente, o laboratório Sanofi Pasteur, fabricante da Dengvaxia®, submeteu à ANVISA dados de pesquisa de seguimento de cinco anos que sugerem que a vacinação de pessoas não previamente infectadas por vírus dengue (soronegativas) poderia acarretar aumento de risco para hospitalização pela dengue e o desenvolvimento de doença clinicamente grave (predominantemente grau I e II da febre hemorrágica da dengue - OMS, 1997).

Os recém-lançados calendários de vacinação “Do nascimento aos 19 anos” e “Dos 20 anos à terceira idade” — elaborados de forma simplificada para facilitar o entendimento de pessoas que não trabalham na área de saúde — agora poderão ser impressos, em formato folder, com o logotipo dos estabelecimentos interessados.

A SBIm realizou, nos dias 21 e 22 de setembro, em Belém, no Pará,  em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Belém (SESMA), o Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Pará (Sindesspa) e a Universidade do Estado do Pará (UEPA), o Curso de Atualização em Sala de Vacinas.

A SBIm convida os associados para participarem, no dia 29 de novembro, às 18h30, da assembleia reunião que marcará a fundação da Regional Ceará.

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 9 de outubro a RE 2.696/2017, que determina as cepas das vacinas influenza em 2018. São elas:

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo informou que foram confirmados 559 casos de hepatite A na cidade entre 1º de janeiro e 23 de setembro, número quase nove vezes superior ao verificado em 2016. Houve duas mortes, cinco registros de hepatite fulminante e 142 hospitalizações.

Objetivo é descobrir novas abordagens para melhorar a imunização de rotina de recém-nascidos e a capacidade de profissionais de saúde em ambientes com poucos recursos.