Notícias

Informações sobre o novo coronavírus (SARS-CoV-2) e a pandemia de COVID-19

Patógeno capaz de causar insuficiência respiratória foiidentificado na China em dezembro de 2019 e rapidamente se espalhou. Comotentativa de conter o avanço, diversos países adotaram medidas de isolamentosocial. Eventos de grande porte, como as Olimpíadas, foram adiados.

Em 9 de agosto de 2020, haviam sido confirmadosaproximadamente 19,4 milhões de casos e mais de 722 mil mortes em 216 países eterritórios. A letalidade média é de 3,7%. No Brasil, de acordo com oMinistério da Saúde, houve até a mesma data aproximadamente 3,03 milhões decasos e 101 mil mortes — letalidade de 3,3%.

Linha do tempo

Agosto

  • 08/08/2020: Brasil supera 100 mil mortos e 3 milhões de casos.
  • 05/08/2020: América Latina passa a ser a região com o maior número de mortes, à frente da Europa.
  • 05/08/2020: Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) emite alerta contraindicando uso da cloroquina como tratamento para COVID-19.
  • 05/08/2020: Facebook e Twitter removem postagens do presidente dos Estados Unidos, Donaldo Trump, que continham desinformação sobre COVID-19.
  • 01/08/2020: Rússia afirma que iniciará vacinação em massa em outubro.

Julho

  • 30/07/2020: Declaração de Emergência em Saúde Global completa seis meses.
  • 30/07/2020: Brasil reabre fronteiras aéreas para estrangeiros. Exceções são Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins.
  • 29/07/2020: Farmacêutica chinesa Sinopharm e governo do Paraná fecham acordo para testes de vacina no estado.
  • 25/07/2020: Riotur anuncia que festa de Reveillón na praia de Copacabana não será realizada nos moldes tradicionais. Alternativas como queima de fogos sem público são estudadas. Carnaval na cidade está em discussão.
  • 24/07/2020: Federação Internacional de Automobilismo (FIA) cancela GP Brasil de Fórmula 1 2020 devido à COVID-19. É a primeira vez desde 1973 que o país não sedia uma prova da categoria. Etapas dos Estados Unidos, México e Canadá também não acontecerão.
  • 24/07/2020: Prefeitura de São Paulo adia Carnaval 2021 e cancela de eventos como a Parada LGBTQI+ e a Marcha para Jesus.
  • 24/07/2020: Anvisa proíbe a venda de invermectina sem receita. Medida já havia sido adotada com outros medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19, casos da cloroquina e hidroxicloroquina.
  • 20/07/2020: Estudo de fase 2 da vacina desenvolvida pelo laboratório chinês CanSino Biologics induziu resposta imunológica em 95% dos voluntários que receberam dose mais alta e em 91% dos que receberam dose inferior. Não houve reações graves. Participaram 500 pessoas.
  • 20/07/2020: Vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford foi capaz de estimular resposta imunológica em 90% dos voluntários que receberam uma dose, demonstra estudo de fase 1/2 publicado na revista Lancet. Nenhum evento adverso grave foi detectado. Participaram 1.000 pessoas.
  • 20/07/2020: Autoridades russas anunciam que vacina em teste no país foi capaz de induzir produção de anticorpos em todos os voluntários. Não houve eventos adversos importantes.
  • 18/07/2020: Média de mortes diárias no Rio de Janeiro cai pela metade em cerca de um mês.
  • 16/07/2020: Brasil supera 2 milhões de casos.
  • 15/07/2020: Brasil chega a 75 mil mortes.09/07/2020 - Ministério da Saúde passa a orientar a população a buscar atendimento após primeiros sintomas.
  • 08/07/2020: Brasil contabiliza mais de 1 milhão de recuperados.
  • 07/07/2020: Presidente Jair Bolsonaro anuncia estar com COVID-19.
  • 07/07/2020: OMS alerta sobre possibilidade de transmissão aérea do vírus.
  • 04/07/2020: Anvisa autoriza testes da vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac. Processo será conduzido em parceria com o Butantan.
  • 04/07/2020: Mais de 210 mil casos são registrados em apenas um dia.
  • 03/07/2020: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) anuncia ter detectado vestígios de coronavírus em amostras de esgotos colhidas em novembro de 2019, em Florianópolis.
  • 02/07/2020: Brasil supera 1,5 milhão de casos.
  • 01/07/2020: Número de mortes ultrapassa marca de 500 mil

Junho

  • 29/06/2020: Número de casos chega a 10 milhões em todo o planeta
  • 29/06/2020: Hospital de Campanha do Pacaembu, em São Paulo, é fechado.
  • 28/06/2020: China National Biotec Group (CNBG) anuncia que testes com vacna foram bem sucedidos. Todos os 1.120 participantes que participaram da etapa produziram anticorpos contra o Sars-Cov-2.
  • 27/06/2020: Brasil firma parceria com a Universidade de Oxford para a compra de doses e transferência de tecnologia para a produção da vacina COVID-19. Vacina é a candidata mais avançada, de acordo com a OMS. Caso testes sejam bem sucedidos, 100 milhões de doses serão distribuídas.
  • 25/06/2020: Maio de 2020 é o mês com mais mortes no Brasil desde o início da série histórica, em 1996.
  • 21/06/2020: Brasil chega a 50 mil mortos.
  • 19/06/2020: Brasil chega a 1 milhão de casos.
  • 19/06/2020: OMS anuncia fim de estudos com hidroxicloroquina após não serem encontradas evidência de que o tratamento é capaz de reduzir a taxa de mortalidade ou hospitalização.
  • 18/06/2020: Flamengo e Bangu disputam, no Rio de Janeiro, primeira partida de futebol após paralisação de atividades esportivas no país.
  • 16/06/2020: Estudo da Universidade de Oxford concluiu que a dexametasona é capaz de reduzir em 35% as mortes entre pacientes que precisam de respiradores e em 20% entre os que necessitam de suporte de oxigênio. Patente do medicamento, disponível no mundo inteiro, já expirou.
  • 14/06/2020: Pesquisadores da USP e da Fundação Getúlio Vargas (FGV) estimam 10,3 mil mortes adicionais em São Paulo após flexibilização do isolamento social.
  • 12/06/2020: Brasil ultrapassa o Reino Unido e se torna o segundo país com mais mortes por COVID-19.
  • 11/06/2020: Governo de São Paulo anuncia parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech, para a produção nacional em larga escala da vacina contra COVID-19. Expectativa é a de que o imunobiológico esteja disponível até junho de 2021.
  • 11/06/2020: Rio de Janeiro e São Paulo reabrem shopping centers na véspera do Dia dos Namorados. Aglomerações são verificadas.
  • 11/06/2020: Brasil supera 40 mil mortes.
  • 11/06/2020: Após 56 dias, caso de COVID-19 é notificado em Pequim, na China. Em resposta, cidade adotou medidas preventivas, como isolamento de bairros e fechamento de algumas escolas.
  • 10/06/2020: Vacina em desenvolvimento por Bio-Manguinhos/Fiocruz avança para a fase pré-clínica.
  • 09/06/2020: Após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministério da Saúde volta a divulgar todos os dados epidemiológicos.
  • 08/06/2020: Estudo da Imperial College de Londo aponta que medidas de isolamento adotadas na Europa podem ter evitado mais de 3 milhões de mortes.
  • 07/07/2020: Após o Ministério da Saúde mudar estratégia de divulgação, o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) elaborou um painel próprio, baseado nos dados fornecidos pelos estados. Disponível em http://www.conass.org.br/painelconasscovid19/.
  • 05/06/2020: Ministério da Saúde passa a informar casos e mortes apenas das últimas 24 horas, sem acumulado e perfil epidemiológico. Veiculos de comunicação somam dados ao de dias anteriores para chegar ao total. Horário de divulgação é atrasado para depois das 22h.
  • 03/06/2020: General Eduardo Pazuello é oficializado ministro interino da Saúde.
  • 03/06/2020: OMS divulga relatório de vacinas em desenvolvimento. Ao todo são 133, das quais 10 estão em fase de testes clínicos.
  • 02/06/2020: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza Fase III e testes da vacina em desenvolvimento pela Universidade de Oxford e empresa de biotecnologia AstraZeneca. Pesquisa envolverá 2 mil voluntários no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Maio

  • 31/05/2020: Brasil supera os 500 mil casos
  • 23/05/2020: Número de casos no mundo chega a 5 milhões. Quase 3 milhões são nas Américas.
  • 21/05/2020: Brasil chega a 20 mil mortos.
  • 19/05/2020: Brasil registra mais de 1.000 mortes em 24 horas pela primeira vez desde o início da pandemia.
  • 15/05/2020: Nelson Teich deixa o Ministério da Saúde, menos de um mês após assumir a pasta.
  • 15/05/2020: Eslovênia é o primeiro país europeu a declarar fim da epidemia.
  • 14/05/2020: Brasil ultrapassa 200 mil casos.
  • 12/05/2020: Brasil registra mais de 800 mortes em 24 horas.
  • 11/05/2020: OMS alerta que interrupção de distribuição de antirretrovirais e de serviços de saúde pode levar a centenas de milhares de mortes por doenças relacionadas à AIDS.
  • 10/05/2020: Após um mês, Wuhan, na China, volta a registrar caso.
  • 09/05/2020: Brasil chega a 10 mil mortos.
  • 08/05/2020: Maranhão, Pará e Ceará adotaram lockdown em 15 cidades. No Rio de Janeiro e na Bahia, foram realizados bloqueios em alguns bairros das capitais.
  • 07/05/2020: Fiocruz sugere em estudo que lockdown intermitente seja adotado por dois anos no estado do RJ. Pesquisadores acrescentam que adoção tardia de medidas restritivas mais rígidas em todo o país "resultaria em uma catástrofe humana de proporções inimagináveis".
  • 05/05/2020: São Luís, no Maranhão, é a primeira cidade do Brasil a adotar lockdown.
  • 03/05/2020: Brasil ultrapassa 100 mil casos.

Abril

  • 28/04/2020: Brasil chega a 5 mil mortes, ultrapassando a China. País se torna o 10º com mais casos.
  • 24/04/2020: Número de casos no Brasil chega a 50 mil
  • 20/04/2020: Alemanha reabre parcialmente o comércio. Crianças voltam às aulas.
  • 19/04/2020: Mais de 2 mil mortes confirmadas nos Estados Unidos em apenas um dia.
  • 17/04/2020: Número de casos em todo o planeta é superior a 2 milhões.
  • 16/04/2020: Luíz Henrique Mandetta é substituído no Ministério da Saúde por Nelson Teich.
  • 14/04/2020: Mais de 1.500 mortes confirmadas nos Estados Unidos em apenas um dia.
  • 14/04/2020: Itália inicia reabertura gradual de alguns tipos de comércio e indústrias, sob rígidas regras de higiene.
  • 13/04/2020: Estados Unidos, novo epicentro da pandemia, superam 500 mil casos. Número de mortes, mais de 20 mil, também ultrapassa o da Itália.
  • 10/04/2020: Número de mortes no Brasil chega a 1.000.
  • 07/04/2020: Itália tem queda de mortes e casos pelo segundo dia seguido.
  • 06/04/2020: China não registra mortes por COVID-19 pela primeira vez desde o início da pandemia.
  • 04/04/2020: Número de casos no mundo supera 1 milhão.
  • 04/04/2020: Número de casos no Brasil ultrapassa os 10 mil.

Março

  • 30/03/2020: Contabilizadas mais de 30 mil mortes em todo o planeta.
  • 29/03/2020: Brasil registra mais de 100 mortes.
  • 27/03/2020: Casos no mundo chegam a 500 mil.
  • 24/03/2020: Olimpíadas de Tóquio são adiadas para 2021.
  • 23/03/2020: Número de casos se aproxima de 300 mil.
  • 21/03/2020: Brasil chega a marca de 1.000 casos confirmados.
  • 20/03/2020 - Número de mortos na Itália ultrapassa os da China.
  • 19/03/2020: Número de casos no mundo supera os 200 mil.
  • 18/03/2020: China não registra casos de transmissão local pela primeira vez desde o início da pandemia.
  • 18/03/2020: Itália anuncia 475 mortes em apenas um dia.
  • 17/03/2020: Confirmada primeira morte no Brasil, em São Paulo.
  • 15/03/2020: Número de casos confirmados supera 150 mil.
  • 13/03/2020 - 15/03/2020: Diversos estados e municípios anunciam medidas como suspensão de aulas, espetáculos e eventos. CBF suspende competições nacionais sob sua tutela por tempo indeterminado.
  • 13/03/2020: Ministério da Saúde anuncia primeiros casos de transmissão comunitária, no Rio e em São Paulo.
  • 07/02/2020 - 12/03/2020: Diversas entidades esportivas suspendem eventos ou adotam portões fechados. Na América do Sul, são adiados o início das Eliminatórias para a Copa de 2022 e as partidas da Libertadores da América que aconteceriam entre 15 e 21 de março.
  • 11/03/2020: OMS declara pandemia.
  • 07/03/2020: Casos confirmados chegam a 100 mil.

Fevereiro

  • 26/02/2020: Primeiro caso é confirmado no Brasil, em um homem de 61 anos que esteve na Itália.
  • 23/02/2020: Brasileiros repatriados são liberados após cumprirem período de isolamento. Exames laboratoriais descartaram infecção em todos.
  • 15/02/2020: Casos confirmados chegam a 50 mil.
  • 11/02/2020: OMS nomeia doença como Covid-19, seguindo diretriz de não associar enfermidades com cidades ou animais. Vírus é chamado de SARS-CoV-2.
  • 09/02/2020: Governo repatria e coloca em quarentena, em base aérea em Anápolis-GO, 58 brasileiros que estavam na cidade de Wuhan, na China.
  • 03/02/2020: Brasil declara Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional, nível máximo do plano divulgado 10 dias antes.

Janeiro

  • 30/01/2020: OMS declarou emergência de saúde global. Foi a sexta vez que o mecanismo, criado após o surto de SARS, em 2002-2003, foi acionado: H1N1 (2009), Poliomielite (2014), Zika (2016), Ebola (2014 e 2019).
  • 22/01/2020: Ministério da Saúde ativa o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE). Órgão publica protocolo de tratamento e plano de contingenciamento composto por três níveis de alerta, baseados na avaliação de impacto do vírus no país.
  • 13/01/2020: Confirmado primeiro caso fora da China, na Tailândia.
  • 12/01/2020: China compartilha sequenciamento genético com a comunidade internacional.
  • 10/01/2020: OMS divulga primeiro documento com orientações, baseado nas experiências com a SARS e MERS.
  • 07/01/2020: Código genético do vírus é isolado.

Dezembro de 2019

  • 31/12/2019: Cluster (grupo) de casos é oficialmente notificado à Organização Mundial da Saúde (OMS).
  • Início de dezembro de 2019: Primeiros casos de pneumonia por agente desconhecido, em Wuhan, na China.

Esse texto é atualizado semanalmente, a partir dos boletins da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Entrevistas SBIm

Acesse a seção Clippings. O posicionamento dos porta-vozes sempre refletem o momento em que as reportagens foram realizadas.

Ministério da Saúde

Página especial sobre o novo coronavírus

Acompanhamento epidemiológico (Brasil e mundo) atualizado diariamente às 12h.

Organização Mundial da Saúde (em inglês)

Emergências em saúde > Novo coronavírus.

Boletins epidemiológicos.